ETA

eTA – Autorização eletrónica de viagem

O Ministério da Cidadania e Imigração do Canadá (CIC - Citizenship and Immigration Canada) anunciou que, a partir do dia 1 de agosto de 2015, será implementada numa primeira fase, uma autorização eletrónica para todos os viajantes ao abrigo do Programa de Isenção de Vistos, sendo este requisito obrigatório a partir do dia 15 de março de 2016. Esta autorização será cobrada quando os viajantes usarem o Sistema Eletrónico para Autorização de Viagens (eTA). O montante da taxa será de $7.00 dólares canadianos e a autorização concedida será válida por cinco anos e pode ser usada para viagens múltiplas ao Canadá.
Todos os passageiros que pretendam entrar no Canadá, ao abrigo do Programa de Isenção de Visto em vigor, devem obter previamente uma autorização através do website www.canada.ca/eTA, ficando a mesma, hiperligada ao passaporte.

O que é o eTA?

Ao abrigo do Programa de Isenção de Visto, o ETA é um sistema eletrónico que permite determinar a elegibilidade do passageiro, antes de começar a viagem para o Canadá.
Não é um visto. É um novo requerimento do Programa de Isenção de Visto.

 

 

O que é o Programa de Isenção de Visto?

O Programa de Isenção de Visto permite aos cidadãos de certos países viajarem para o Canadá sem visto, quando vão em viagens de turismo ou negócios que durem 180 dias ou menos. Na maior parte dos casos, os cidadãos portugueses que desejem viajar para o Canadá em negócios ou turismo e que permanecerão lá menos do que 180 dias podem usufruir do Programa de Isenção de Visto e viajarem sem visto.

Quem precisa de obter o ETA?

- Cidadãos com cartão de Residente Permanente nos EUA;

• Cidadãos dos países qualificados* que pretendem entrar no Canadá sem visto de avião ou de barco, em turismo ou negócios. Verifique aqui se necessita de um eTa.

* Andorra; Antigua and Barbuda; Australia; Austria; Bahamas; Barbados;Brunei Darussalam; Chile; Croatia; Cyprus; Czech Republic; Denmark; Estonia; Finland; France; Federal Republic of Germany; Greece; Hungary; Iceland; Ireland; Italy; Japan; Republic of Korea; Latvia; Liechtenstein; Lithuania; Luxembourg: Malta; Monaco; Netherlands; New Zealand; Norway; Papua New Guinea; Poland; Portugal; Samoa; San Marino; Singapore; Slovakia; Slovenia; Solomon Islands; Spain; Sweden; Switzerland; Belgium; British citizen; British overseas citizen who is re-admissible to the United Kingdom; British overseas territory citizen who derives that citizenship through birth, descent, naturalization or registration in one of the British overseas territories of:
- Anguilla/Bermuda/British Virgin Islands/Cayman Islands/Falkland Islands/Gibraltar/Montserrat/Pitcairn Island/Saint Helena/Turks and Caicos Islands.


Quem não precisa?

Cidadãos de Nacionalidade Americana;
Passageiros com visto válido.

Quando é que passa a ser obrigatório?

A partir de 15 de março de 2016, é obrigatório para todos os passageiros que não têm visto.
O requerimento deve ser feito logo que tenha planos de viagem.

Como obter?

Via internet através do website:
www.canada.ca/eTA

Responda às questões sobre dados pessoais.
- É necessário um cartão de crédito;
- E um endereço de correio eletrónico.

É gratuito?

Foi fixada uma taxa de $7.00 (dólares canadianos)

Como pagar o emolumento?

A taxa terá que ser paga através de Cartão de Crédito quando aceder ao website: www.canada.ca/eTA

A resposta do ETA:

Na maioria dos casos receberá a resposta em segundos.

A autorização terá que ser impressa para apresentação tanto ao check-in, como aos serviços de fronteiras, juntamente com todos os seus documentos necessários para a viagem.

E se for autorizado, o que acontece?

A autorização é válida por cinco anos para múltiplas entradas no Canadá (ou até a expiração do passaporte). Prevalece sempre o que acontecer primeiro.

O que acontece se não tiver esta autorização?

A partir de 15 de março 2016, as pessoas que não tenham esta autorização antes de viajar podem:
- Ter o seu embarque negado;
- Ter atrasos na entrada;
- Ter a sua entrada negada no Canadá.
Em suma todos os passageiros ao abrigo do Programa de Isenção de Visto devem:
1. Ter um passaporte de leitura ótica ou eletrónico (passaporte português emitido desde 2001);
2. Ficar no Canadá no máximo até 180 dias;
3. Ter passagem de ida e volta ou com saída para outro país;
4. Viajar numa companhia que faz parte do programa;
5. A partir de 15 de Março 2016, ter a autorização eletrónica do ETA antes de viajar.

Tenho que imprimir algum documento para provar que tenho um eTA?

Não. O eTA fica eletronicamente associado ao seu passaporte. No período de viagem deverá transportar o passaporte para o qual solicitou o eTA.


Mais informações:

Consulado de Ponta Delgada: canada.pdl@gmail.com
Embaixada de Lisboa 
lsbon@international.gc.ca
http://www.cic.gc.ca/