Home / Antes de Embarcar / Dicas para uma Viagem Tranquila

Dicas para uma Viagem Tranquila

Passageiros com Problemas de Saúde

Os passageiros com limitações motoras, necessidades específicas, problemas respiratórios ou cardíacos não compensados, hemorragias recentes ou cirurgias abdominais, devem requerer uma autorização médica para poderem viajar.
As contraindicações médicas dependem do tipo de doença, de avião, do equipamento médico e do técnico de saúde acompanhante.


Vestuário e Calçado

Durante o voo é recomendado o uso de roupa confortável, de preferência de fibras naturais, que tape os braços e as pernas. Os sapatos também deverão ser cómodos, preferencialmente de couro, e sem saltos.


Alimentação, Bebidas e Medicamentos

Aconselhamos a que coma refeições leves e equilibradas antes de viajar, evitando o consumo de bebidas alcoólicas ou refrigerantes com gás.
Não se esqueça de incluir na sua bagagem de mão os medicamentos habituais, como também de os tomar de acordo com indicação médica.
Nota:
Consultar Medidas de Segurança para transporte de líquidos.


Mergulho

Os praticantes de mergulho não devem mergulhar entre as 12 e 48 horas antes da viagem, devido ao risco de poder sofrer uma descompressão.


Sono

Tente sempre dormir bem antes de iniciar uma viagem. Se viajar para locais com cinco horas ou mais de diferença horária, deve começar uns dias antes da partida a alterar progressivamente os seus horários, para que o impacto da diferença horária no destino não seja tão significativo.


Bebés e Crianças

Oferecemos viagens tranquilas, confortáveis e divertidas às crianças.
Aos passageiros que viajarem com bebés no Airbus A310 é disponibilizado um berço. Esta comodidade deverá ser pedida com uma antecedência mínima de 24 horas e está sujeita a confirmação posterior.
Os passageiros com crianças tem prioridade no embarque uma vez que normalmente têm bagagem de mão adicional e assim há mais tempo para arrumá-la e instalar toda a família.
A bordo oferecemos aos nossos passageiros mais jovens livros para pintar e lápis de cor.


Ambiente na Cabine do Avião

O ambiente no interior do avião é diferente do que quando estamos em terra o que pode ter efeitos se tiver problemas de saúde.
Com a subida de altitude a pressão do ar da cabine diminui e a quantidade de oxigénio no sangue tende a descer. Isto não é um problema para a maioria das pessoas, mas se tiver problemas respiratórios (como bronquite crónica ou qualquer doença obstrutiva pulmonar) pode precisar de reservar com antecedência um suplemento de oxigénio para evitar a descompensação.
Os gases no interior do organismo tendem a se expandir o que pode provocar dores, a sensação dos ouvidos estarem a estalar e, em casos extremos, a perfuração do tímpano. É mais frequente acontecer na aterragem do que na descolagem, mas pode ocorrer em ambos os casos. Consulte o item Preparar a Descida.
O ar da cabine também é relativamente seco o que pode provocar uma sensação de secura na boca, nariz e olhos. Estudos comprovam que não leva a qualquer estado de desidratação do organismo, mas podemos sempre recomendar a aplicação de um batom e creme hidratantes.


 

Durante o Voo

É aconselhável beber líquidos, em particular água, e evitar o consumo de bebidas alcoólicas e com gás.
Deve estar o menor tempo possível de pernas cruzadas e levantar-se de vez em quando para andar um pouco, a não ser que a tripulação não o recomende.
A sua bagagem de mão deve estar bem arrumada para não impedir a circulação nem limitar os seus movimentos.
Mantenha o cinto de segurança apertado sempre que estiver sentado, uma vez que pode entrar numa zona de turbulência inesperadamente.
Preste atenção às instruções do filme de segurança transmitido a bordo, a todas as indicações da tripulação e, para complementar a informação, consulte os folhetos disponíveis no avião.


Preparar a Descida

Quando o avião começa a descer ocorre uma variação da pressão no interior da cabine, o que pode provocar dores nos ouvidos e, em casos extremos, uma otite ou traumatismo do tímpano.
Para que isto não aconteça, aplique gotas descongestionantes nasais, cerca de 15 minutos antes de iniciar a descida, principalmente se estiver constipado. Convém, também, que faça movimentos de mastigação amplos ou masque uma pastilha elástica. Se estiver com crianças pequenas coloque-lhes a chucha ou dê-lhes um biberão.
Os passageiros não devem aterrar adormecidos.


No Destino

Podem surgir perturbações fisiológicas (jet-lag) como alterações de sono, problemas digestivos, dificuldade de concentração e fadiga, se atravessar vários fusos de horários.
Deve adaptar-se ao ritmo do país de destino, fazendo as refeições e períodos de sono de acordo com a hora local, bem como realizar algum exercício físico. Se a sua estada for de curto prazo, deverá manter os ritmos do país de origem.