Home / Apresentação de Contas do Ano 2018

Apresentação de Contas do Ano 2018

O GRUPO SATA APROVOU EM ASSEMBLEIA GERAL AS CONTAS INDIVIDUAIS DE 2018, ANO EM QUE SE REGISTOU UM PREJUÍZO DE 53,3 MILHÕES DE EUROS.

Foram aprovadas em sede de Assembleia Geral das empresas do Grupo SATA as contas individuais de 2018, tendo sido registado um resultado líquido negativo de 53,3M€, o que representa um agravamento dos prejuízos na ordem dos 12,3M€, face ao ano de 2017. 

Contribuíram de modo significativo para o resultado negativo verificado a prestação das transportadoras SATA Azores Airlines -52,93M€) e SATA Air Açores -2,58M€, não obstante os resultados líquidos positivos obtidos nas restantes empresas do Grupo, Azores Vacations América 0,26M€, Azores Airlines Vacations Canadá 0,09M€ e SATA Gestão de Aeródromos 1,86M€.

Por entre as causas que resultaram no agravamento dos resultados negativos, verifica-se um aumento da parcela relativa a custos operacionais, na ordem dos 4%, face ao ano anterior, comportamento este que não foi acompanhado pelo crescimento das receitas operacionais, as quais sofreram também um decréscimo de 4%.  

Para além de outros, destacam-se os seguintes fatores pelos quais as parcelas dos custos operacionais aumentaram relativamente ao ano 2017: a) a necessidade de recorrer à contratação de serviços de ACMI, a fim de fazer face à indisponibilidade de recursos; b) o aumento dos preços do combustível; c) o aumento de custos relativos à manutenção das aeronaves; e d) o aumento dos gastos com pessoal.

Apesar do quadro negativo dos resultados apurados, quer em 2018, quer nos anos anteriores, o Conselho de Administração considera que a inversão desta tendência é exequível a médio prazo, com alguns resultados já no decorrer em 2019. 

O processo de renovação da frota da SATA Azores Airlines, iniciado em 2018, com a entrada de duas aeronaves A321neo, está a permitir a redução de algumas rúbricas de custos operacionais, por via da sua maior eficiência. Por exemplo, regista-se, já no primeiro trimestre do ano 2019, uma poupança de 19% no consumo de combustível. Com a chegada da primeira unidade Airbus A321 LR (cuja entrada em linha se prevê para julho 2019) é reforçada a capacidade operacional da SATA Azores Airlines, permitindo, por um lado, reduzir significativamente o recurso a ACMI e, por outro lado, assegurar a regularidade e qualidade do serviço prestado.

Do lado da receita, o ano de 2019 também começa a evidenciar melhores resultados no que respeita às vendas globais das transportadoras, estimando-se um crescimento anual na ordem dos 8%. Relativamente ao índice médio de ocupação, os resultados do 1º trimestre de 2019 apresentam uma melhoria de cerca de 4% relativamente ao período homólogo anterior.

Será de reafirmar que o Conselho de Administração mantém o seu objetivo de viabilização do Grupo SATA, através da reestruturação financeira, da regularização operacional e da reorganização interna, fatores essenciais para o sucesso das empresas, dos seus colaboradores e, em termos gerais, para os cidadãos e economia açoriana.