Home / Grupo SATA e APAVT formalizam protocolo na Bolsa de Turismo de Lisboa

Grupo SATA e APAVT formalizam protocolo na Bolsa de Turismo de Lisboa

A abertura da Bolsa de Turismo de Lisboa foi o momento escolhido para anunciar publicamente o reforço da parceria entre o Grupo SATA e a Associação Portuguesa de Agentes de Viagens e Turismo.

Foi no contexto do maior evento nacional dedicado ao Turismo que o Grupo SATA e a APAVT deram nota pública do reforço de laços estratégicos que se consolidaram por intermédio de um protocolo de cooperação, cujo principal objetivo será o de reforçar uma parceria considerada fundamental e estratégica para ambas as partes.

“A SATA é um dos parceiros mais importantes dos agentes de viagens, sendo mesmo “o nosso mais importante em várias rotas em que opera”, justificou Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT, que considerou também que a companhia “é um extraordinário pilar” nas relações com os agentes de viagens e, igualmente, no que se refere à mobilidade dos Açores.

O protocolo publicamente formalizado tinha já sido assinado em dezembro passado e “abre portas ao trabalho conjunto e à proximidade” entre as duas entidades, especificou o presidente da APAVT.
No contexto deste anúncio, o Presidente do Conselho de Administração do Grupo SATA, António Teixeira, assegurou que a atividade da SATA também depende das boas parcerias que se estabelecem e que pretende reforçar esta boa relação que já existe com os agentes de viagens. Adiantou o Presidente do Grupo SATA que, ao final do ano, deverá ficar estabelecida a adoção de um novo modelo de relacionamento que melhor corresponda às necessidades de ambas as entidades.

Tratando-se de um protocolo aberto, uma das suas incidências é a forma de remuneração dos agentes de viagens por parte da companhia aérea, sendo que, tanto por parte da APAVT como da SATA, há a consciência de que elas devem ser modernizadas, sublinhou Pedro Costa Ferreira.

Por seu turno, António Teixeira salientou que outro dos objetivos a alcançar com o estabelecimento deste acordo reside na qualidade de serviço que a SATA pretende oferecer aos seus clientes, sendo que “este protocolo já visa a troca de informação” no sentido de melhor conhecermos a expectativa dos clientes e por forma a melhor atender ao que é esperado”.